Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / História /


Publicada em: 16/01/2018 08:53 - Atualizada em: 16/01/2018 12:35
Há 85 anos morreu o lavrense de maior expressão na política nacional: Francisco Salles
Ele foi Governador de Minas, Ministro da Fazenda, Deputado Federal, Senador da República e se recusou ser candidato a Presidência do Brasil

 

Francisco Antônio de Salles governou Minas Gerais de 9 de julho de 1902 a 9 de julho de 1906

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Há 85 anos morria um dos mais ilustres lavrenses: Francisco Salles, o único lavrense que foi governador de Minas, Senador da República, Ministro e foi um dos políticos mais influentes do Brasil na sua época. Conheça um pouco da história deste lavrense ilustre, que morreu há 85 anos, no dia 16 de janeiro de 1933, aos 69 anos.

Francisco Antônio de Salles era filho do chefe político Firmino Salles e de Anna Cândida Salles. Dr. Francisco Salles nasceu em Lavras em 29 de janeiro de 1863, iniciou seus estudos em Lavras sob a orientação do professor padre Américo Brasileiro. Mais tarde, seguiu para o Seminário de Mariana e posteriormente para Ouro Preto, em 1881.

Em 1882 matriculou-se na Escola de Direito do Largo de São Francisco, uma das mais tradicionais do país, bacharelando-se em Ciências Jurídicas e Sociais, em 1886. Republicano convicto desde os tempos de faculdade, foi propagandista desses ideais em pleno regime monárquico, foi sócio fundador e vice-presidente do "Club Republicano Mineiro", juntamente com outros mineiros que comungavam os mesmos ideais e que residiam em São Paulo.

Tão logo formou, voltou a Lavras e se estabeleceu com seu escritório de advocacia e, em 1888, casou-se com Anna Adalgisa de Aquino Salles. Contudo, com seu espírito de civismo e dedicação à causa republicana, entregou-se a política, fazendo conferências e fundando clubes políticos, pregando suas ideias republicanas por todo Sul de Minas.

Vendo sua causa vitoriosa a 15 de novembro de 1889, candidatou-se a deputado à Constituinte Mineira, que promulgou em 15 de julho de 1891, o estatuto básico das instituições do Estado. Desistiu do resto de seu mandato e foi exercer o cargo de juiz municipal e de órfãos na comarca de Lima Duarte.

Por imposição do povo mineiro, exonerou-se e voltou ao cenário político, elegendo-se deputado, onde ocupou a presidência da Câmara Estadual. Sobressaiu-se  entre os demais graças ao posicionamento moderado no meio da luta travada entre elementos de facções partidárias diversas; promoveu acordos entre os estados de Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo e Rio de Janeiro para a cobrança do imposto sobre o café exportado pelo porto do Rio.

Findado seu mandato foi nomeado em 7 de setembro de 1894 secretário das Finanças do governo de Crispim Jacques Bias Fortes, tendo em 1897 se transferido juntamente com o Governo para a nova capital do Estado: Belo Horizonte, inaugurada em 12 de dezembro daquele ano.

Com a renuncia de Francisco Sá, secretário de Viação e Obras Públicas, por ter sido eleito deputado federal, o Dr. Francisco Antônio de Salles exerceu a pasta vaga, até o final do governo de Bias Fortes. Em 19 de setembro de 1896, criou através do decreto de número 200, a Caixa Econômica de Estado de Minas Gerais.

Em 1898, convidado por Silviano Brandão, Dr. Francisco Antônio de Salles torna-se prefeito de Belo Horizonte, cuja função desempenhou com integridade e extrema competência, características que marcaram sua passagem pela política. Mesmo ocupando o cargo de Prefeito da capital mineira, Francisco Salles foi eleito Senador Estadual e deputado federal; optando então pela cadeira da Câmara Federal, onde fez parte da Comissão de Reconhecimento de Poderes, ocupando também a liderança da bancada mineira.

Em 1º de março de 1902, o lavrense Francisco Antônio de Salles foi eleito presidente do Estado de Minas Gerais, assumindo o poder, perante o Congresso Mineiro em 7 de setembro do mesmo ano. Francisco Antônio de Salles teve sua trajetória política marcada por sua atuação na área econômica. Desde quando assumiu a Secretaria das Finanças no governo de Silviano Brandão, destacou-se pela sistematização e organização de arrecadação do Estado e imprimiu maior rigor à elaboração do orçamento. Organizou o 1º Congresso Agrícola, Comercial e Industrial de Minas Gerais, o que impulsionou sobremaneira a economia do Estado.

Sua notável permanência no Palácio da Liberdade, fez com que forças políticas do país o indicasse a Presidência da República, convite este que declinou e indicou o nome de Afonso Pena, que exerceu a alta magistratura por um período, já que falecera antes de completar o seu mandato.

O marechal Hermes da Fonseca, quando presidente da República de 1910 a 1914, convidou Francisco Antônio de Salles para ocupar a pasta do Ministério da Fazenda, cargo este que exerceu até 1912, quando se exonerou-se para ocupar o Senado e a Câmara Federal.

Em 1918, com a eleição de Artur Bernardes para o governo de Minas, Francisco Salles afastou-se das atividades políticas, dedicando a imprensa em Belo Horizonte, quando fundou o jornal "Diário de Notícias".

Algumas conquistas lavrenses ligadas ao nome de Francisco Antônio de Salles durante sua passagem pela vida pública: instalação do Fórum; construção da ponte metálica no lugar denominado "Funil"; construção do Grupo Escolar "Firmino Costa"; ligação ferroviária entre Lavras e Barra Mansa; equiparação da Escola Normal; construção das oficinas da Estrada de Ferro Oeste de Minas; construção da ponte "Agostinho Porto"; implantação dos bondes e outros benefícios. 

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Agências bancárias estarão fechadas no carnaval PM apreende menor infrator e recupera bicicleta furtada
   
Chuva forte provocou mais alagamento na Zona Norte de Lavras PRF faz apreensão de grande quantidade de de armas na rodovia Fernão Dias - veja vídeo
   
Polícia Civil indicia suspeito de assaltos a postos de combustíveis de Lavras Reunião extraordinária da Câmara para votar benefícios aos servidores não deu quórum
.

Flashes de Notícias:

Inauguração do Yummy Smart Food Enchente na Zona Norte de Lavras
.  
Seleção de bolsas do Colégio Educa Incêndio no pátio do Expresso Nepomuceno no Distrito Industrial
   
Casa com decoração natalina Homem assassinado em Lavras
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras