Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 13/12/2017 16:36 - Atualizada em: 13/12/2017 23:35
Anunciada expansão da Área Azul em Lavras, porém, foi impedida por José Cherem
Empresa anunciou expansão da cobrança da Área Azul sem o conhecimento e a aquiescência do Poder Público

Foto: Arquivo Jornal de Lavras

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A empresa concessionária da Área Azul em Lavras, a Serttel, que tem sede no Recife, em Pernambuco, colocou faixas em três ruas de Lavras anunciando a expansão da cobrança, que seria realizada depois do Natal. As ruas que tiveram faixas afixadas foram: Firmino Salles – do cruzamento da rua Delfino de Souza até o cruzamento com a Barbosa Lima; Governador Milton Campos, a rua do Mercado Municipal; e rua Lourenço Menicucci, do cruzamento da Chagas Dória até o cruzamento com Rui Barbosa.

Acontece que não existia nenhum comunicado para o setor responsável da Prefeitura e nem autorização do Poder Público Municipal para a expansão da Área Azul em Lavras: "a empresa agiu por conta própria", segundo Edvaldo Bastos, responsável pelo Setor de Trânsito de Lavras, órgão vinculado a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Mobilidade Urbana, que tem como titular da pasta Cíntia Cristina Fernandes.

Diante disso, o prefeito José Cherem determinou a retirada imediata das faixas das ruas e não autorizou a cobrança. O responsável pelo setor, Edvaldo Bastos, enviou um ofício ao escritório da empresa determinando a retirada dos avisos, o que já foi providenciado pela Serttel.

Esta não foi a primeira vez que a empresa responsável pela cobrança da Área Azul tem problemas com a administração municipal. Em março de 2013, o ex-prefeito Marcos Cherem, por problemas diversos, determinou a Serttel que o estacionamento rotativo não seria mais cobrado no sábado em Lavras - como havia sido autorizada pela administração da ex-prefeita Jussara Menicucci. Tal decisão foi visando favorecer ao comércio, que era o mais prejudicado com a cobrança.

Outras mudanças determinadas por Marcos Cherem e que tiveram boa repercussão na época, foi que o valor cobrado teria de ser reduzido em 20%, além disso, a multa para quem excedesse os 10 minutos de tolerância, que na época era cobrado R$ 7,50, fosse escalonada da seguinte forma: para quem estacionasse o carro durante 2 horas pagaria R$ 3. Quem exceder este tempo, até três horas, pagaria R$ 6 e quem passasse de 4 horas aí sim pagaria os R$ 7,50.

Em 2015, na administração do ex-prefeito Silas Costa Pereira, a empresa distribuiu um folheto informando que a partir de setembro daquele ano o valor da taxa de estacionamento para os automóveis seria reajustado em 25%. O panfleto, que foi impresso com o brasão da Prefeitura de Lavras, foi mencionado que o reajuste estava baseado no Decreto 9421, divulgado no Diário Oficial do Município, Edição 1134. Ocorre que a equipe do Jornal de Lavras apurou que nesta edição do Diário Oficial não existia o decreto mencionado. Diante disso, o Jornal de Lavras entrou em contato com o escritório da Área Azul em Lavras para saber em qual documento estava baseado o reajuste, já que o decreto não estava publicado na referida edição, ocasião em que o atendente garantiu que o documento existia e estava publicado.

Dando continuidade, na época, aos contatos para saber sobre o documento, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura também foi contactada pelo Jornal de Lavras. Após alguns contatos, aquele órgão informou que este decreto de fato não havia sido publicado na edição 1134 do Diário Oficial e que uma reunião havia sido convocada para tratar deste assunto e, como consequencia, até que fosse apurado onde estava o equívoco, a decisão de reajuste da Área Azul estaria suspensa, bem como a distribuição dos panfletos.

Após a suspensão do aumento, o responsável pelo escritório da Área Azul em Lavras entrou em contato com a redação do Jornal de Lavras e fez a seguinte declaração: "não se trata de aumento, o ex-prefeito Marcos Cherem reduziu o valor da Área Azul e nós estamos apenas voltando para o valor normal", disse na época o responsável.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Bombeiros de Lavras resgataram o corpo da jovem que morreu afogada no domingo Três autoridades de Ijaci estão sendo chamadas de "fura-fila" da vacinação
   
Agência do Banco Itaú, da Zona Sul de Lavras, está fechada temporariamente por causa da pandemia Incêndio supostamente criminoso destruiu veículo na Zona Norte de Lavras - veja vídeo
   
Prefeitura de Lavras divulgou que denúncias nos finais de semana contra aglomerações devem ser feitas no 190 da PM Bombeiros capturaram cobra que invadiu uma casa em Lavras
   
Ufla poderá armazenar vacinas do Governo do Estado em seus Ultrafreezers Decreto da Prefeitura de Lavras prevê uso obrigatório de máscara também em vias públicas
   
PM de Lavras aborda homem que portava réplica de arma de fogo na cintura Prefeitura de Lavras publica decreto com menos restrições que a Onda Vermelha do Minas Consciente
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras