Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / Evento /


Publicada em: 13/11/2017 23:48 - Atualizada em: 14/11/2017 09:11
Autoridades civis e militares foram condecoradas pela PM em Lavras - veja fotos
A solenidade fez parte do encerramento das comemorações dos 85 anos do 8º Batalhão de Polícia Militar

Palanque das autoridades na solenidade. Foto: Jornal de Lavras

 

 

(35) 99925.5481   @jornaldelavras    @jornaldelavras   @jlavras   jornaldelavras

Foi realizada na sexta-feira, dia 10, no pátio do 8º Batalhão em Lavras, a solenidade de outorga da medalha cinquentenário "Coronel Fulgêncio de Souza Santos", em uma cerimônia que contou com a presença do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Helbert Figueiró de Lourdes, do Subcomandante-geral, coronel André Agostinho Leão de Oliveira, do chefe do Gabinete Militar, coronel Fernando Antônio Arantes; do comandante da 6ª Região de Policia Militar, coronel Giovani de Sousa Silva, do comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar e Patrono da medalha, tenente-coronel Renan Santos Chaves, do reitor da Universidade Federal de Lavras (Ufla), professor José Roberto Soares Scolforo, do prefeito de Lavras, José Cherem, Juízes, Promotores, Delegados e personalidades do meio civil.

O governador Fernando Pimentel, que havia confirmado sua presença, cancelou na manhã de sexta-feira, devido a problemas com agenda de compromissos. Sua ausência foi justificada pelo comandante-geral coronel Helbert Figueiró de Lourdes e representado pelo seu chefe do Gabinete Militar coronel Fernando Antônio Arantes.

A solenidade fez parte das comemorações dos 85 anos de fundação do 8º Batalhão de Polícia Militar. Para homenagear as autoridades civis e militares, que ajudaram e ajudam no engrandecimento da Unidade, o Comando instituiu, em 1982 a Medalha "Coronel Fulgêncio de Souza Santos", comenda relativa ao cinquentenário do Batalhão e outorgada quinze anos depois.

O coronel Fulgêncio de Souza Santos foi o primeiro comandante do 8º Batalhão, ele comandou a unidade por apenas três dias, ele assumiu o comando no dia 11 de julho de 1932 e morreu após ser atingido por uma bala inimiga na Revolução de 1932 no setor do Túnel, em Passa Quatro, no Sul de Minas. Após a sua morte, assumiu o comando do 8º Batalhão o tenente coronel José Persilva, que foi o segundo a comandar a recém-criada unidade militar de Minas Gerais.

O 8º Batalhão de Caçadores Mineiros era em Belo Horizonte e no dia 28 de fevereiro de 1934, pelo decreto 11.238, o interventor federal Benedito Valadares Ribeiro, deu por sede do 8º Batalhão de Caçadores Mineiros a cidade de Lavras.

Em 21 de março, quase um mês após a assinatura do decreto, chega a Lavras e se estabelece em definitivo o 8º Batalhão de Caçadores Mineiros, hoje 8º Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais, sendo seu primeiro comandante, em Lavras, o tenente coronel José Persilva. O efetivo do batalhão girava em torno de 300 homens, sendo sua maioria casados.

Entre os agraciados deste ano com a medalha estava o bisneto do coronel Fulgêncio, o capitão Paulo Roberto Bermudes Rezende, ele foi condecorado pelo Comandante-Geral. Outro homenageado que também tem uma participação histórica na corporação foi sargento Joaquim Corsino Soares, de 99 anos, ele é o mais antigo militar que ingressou no 8º Batalhão em 1931. O sargento Corsino foi homenageado pelo 8º Batalhão e recebeu a comenda das mãos do Comandante Geral.

Foram agraciados 17 dos 46 ex-comandantes do 8º Batalhão, o que foi também um fato histórico que reuniu em um só ato os coronéis que comandaram a tropa em diversos momentos, os ex-comandantes ajudaram a escrever parte da história do 8º Batalhão, o "Leão do Sul".

Em seu pronunciamento o coronel Giovani de Souza Silva destacou a atuação do tenente-coronel Renan Santos Chaves, atual comandante do 8º Batalhão, que conseguiu reduzir de forma expressiva os índices de criminalidade em Lavras e na área de abrangência do 8º. O coronel Giovani, destacou também a relevância histórica da Unidade no Sul de Minas. O 8º Batalhão foi o primeiro Batalhão a ser instalado no Sul do Estado.

O Comandante-Geral, coronel Helbert Figueiró de Lourdes, também falou da importância histórica do 8º Batalhão na prestação de serviços de segurança pública, ele também lembrou que a unidade policial em Lavras foi a matriz de todas as outras do Sul de Minas. Ele elogiou a atuação do comando do 8º e seus comandados no combate efetivo ao crime e pediu que todos continuassem a responder com ações o crime organizado na região.

A comissão que nomeou as autoridades para receber a medalha foi composta do tenente-coronel Renan Santos Chaves, do major e vice-comandante do 8º Batalhão, Rodolfo César Morotti Fernandes, da 2º tenente Vânia Veloso Guedes Guariento e os cabos Jean Carlos Moreira e Rafael Henrique Almeida. Foram agraciados com a medalha Coronel "Fulgêncio de Souza Santos" as seguintes autoridades:

Governador Fernando Damata Pimentel; Comandante da EsSA, general de Brigada Vinícius Ferreira Martinelli; presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Adalclever Lopes; reitor da Universidade Federal de Lavras (Ufla), professor José Roberto Soares Scolforo; prefeito de Lavras José Cherem; juíza Zilda Maria Youssef Murad; reitora do Unilavras, professora Christiane Amaral Lunkes Argenta; coronel Comandante-Geral da PM Helbert Figueiró de Lourdes; coronel Fernando Antônio Arantes; coronel André Agostinho Leão de Oliveira; coronel Mário Lúcio Calçado; coronel Hélio dos Santos Júnior; coronel Márcio Martins Sant'Ana; coronel Sérgio Henrique Soares Fernandes; coronel Idzel Mafra Fagundes; coronel Paulo de Vasconcelos Junior; coronel Edvanio Rosa Carneiro; coronel Winston Coelho Costa; coronel Robson José de Queiroz; coronel Giovani de Sousa Silva; coronel Schubert Siqueira Campos; coronel Ailton Cirilo da Silva; coronel Cássio Antônio Fernandes; coronel Jean Jacques Alcântara Pedra; coronel Wilson de Souza Carlos; coronel Itamar de Oliveira Pacheco; coronel Antônio Egg Resende; coronel Fabiano Marques Ferreira da Silva; coronel Dalmir José de Sá; coronel Célio Fonseca Furtado; coronel Henrique Elói do Nascimento; coronel José Nunes Rodrigues; coronel José Honório de Araújo; coronel Fernando José de Oliveira Guimarães; coronel Luis Carlos Lima; coronel Francisco de Assis Oliveira; coronel Diovany Ribeiro da Silva; coronel Rosângela de Souza Freitas; coronel Luis Rogério de Assis; coronel Antônio Claret dos Santos; Deputado Estadual Luiz Fábio Cherem; Juiz militar coronel Rúbio Paulino Coelho; tenente-coronel Paulo Marcos Ferreira; tenente-coronel Marcos Antônio Dias; tenente-coronel Frederico Geraldo Ferreira; Juíza de Direito Maria Jacira Ramos e Silva; Promotora de Justiça, Josiane Moreira Soares Malaquias; Promotor de Justiça Aécio Rabelo; Promotor de Justiça Vladmir Sossai; Promotor de Justiça Carlos Eduardo Avanzi Almeida; Promotor de Justiça Wesley Leite Vaz; major Breno de Souza Reis; major Marcos Serpa de Oliveira; major Rodrigo de Fátima Afonso; major-capelão Neidir Antônio Nogueira Vale; capitão Francisco José Lyra; capitão Leonardo de Freitas Raimundo; capitão Paulo Roberto Bermudes Rezende; capitão Leandro Alexandre Campos; capitão-médico Luiz Ângelo de Oliveira; capitão Araí Alves Alvarenga; capitão Milton Marques de Oliveira; capitão Dionísio Alves; Delegado de Polícia Civil, Douglas Camarano de Castro; 1º tenente Leonardo de Oliveira Barbosa; 1º tenente Ederson de Souza Januário; 1º tenente Walder Carvalho Norberto; 1º tenente Luis Eduardo Resende Ferreira; 1º tenente Adilson Messias de Alvarenga; 1º tenente André Miliorelli Ferreira; 2º tenente Luciano Criste da Mata; 2º tenente Clevson Neves Montijo; 2º tenente Pedro Lisboa Barros Rodrigues; 2º tenente Alessandro Márcio de Oliveira; 2º tenente Emerson Sebastião de Oliveira; 2º tenente Cláudio Antônio de Carvalho; sub-tenente Antônio Marlus Maia; 1º sargento Hélio do Nascimento; 1º sargento Carlos Henrique de Souza; 1º sargento Luiz Antônio Rodarte; 1º sargento Josimar de Carvalho Aguiar; 1º sargento Geraldo Lucena; 1º sargento Antônio Costa; 1º sargento Antônio Faustino Alves Filho; 2º sargento Jorge Nunes Vassalo Filho; 2º sargento Adriane Santos Valério Silva; 2º sargento Antônio Carlos Belmiro; 2º sargento Dênis Praga Campos; 2º sargento Cleiton Vilas Boas; 2º sargento Jessé Carlos da Silva; 2º sargento Fábio Rossi Tavares; 2º sargento Alexsandro Rocha de Oliveira; 2º sargento Klésio Diniz Pereira; 2º sargento Márcio Monteiro Costa; 2º sargento Richard Emanuel dos Santos; 2º sargento Silvane da Silva; 2º sargento Joaquim Corsino Soares; 2º sargento Lucio de Paulo Caetano; 2º sargento José Nogueira da Silva Júnior; 2º sargento José Luiz de Almeida; 2º sargento Márcio Alves de Deus; 2º sargento Alessandro Aldair Tostes; 3º sargento Edson Ferreira; 3º sargento Juliana Aparecida Francisco; 3º sargento José Ramos Júnior; 3º sargento Otávio 3º sargento Augusto da Silva; 3º sargento Ronaldo Rodrigues Vieira; 3º sargento Hélio Márcio Garcia de Oliveira; 3º sargento Evaldo José da Silva; 3º sargento Derley Porteles; 3º sargento Juliano Barbosa; 3º sargento Sebastião Ésio Fernandes; 3º sargento Alexandre dos Santos Galego; 3º sargento Edivaldo da Silva Santos; 3º sargento Toni Braga da Silva; 3º sargento Oliel dos Santos; 3º sargento Cleison Lelis de Souza Lara; 3º sargento Eliel Henrique do Amaral; 3º sargento Alexsandro César Policarpo; 3º sargento Denis Maicon Ramos da Silva; 3º sargento Francis Antônio dos Santos; cabo Mario Lúcio Fonseca; cabo Cássio Harley Resende de Souza; cabo Erich Fernando da Costa; cabo Eduardo de Oliveira Rodrigues; cabo Carlos Renato Ribeiro dos Santos; cabo Rodrigo César Nogueira; cabo Alan Elias do Nascimento; cabo Adilson de Paulo Silva; cabo Pablo Andrade Laguardia; cabo Cláudio Roberto G. das Chagas; cabo Bruno Carlos Rangel; cabo Cláudia Mara Oliveira; cabo Wagner Aparecido de Matos Fonseca; cabo Thiago Natalino da Silva Bueno; cabo Leandro Carvalho Vieira; cabo Mauricio Santiago Coutinho; cabo Leonel Richs de Aquino; cabo Ricardo Renam Valério Vieira; cabo Thiago Amorim Pacheco; cabo Lucas Donizetti Rezende; cabo Suzana Maria da Silva Aureliano; cabo Leandro Menini de Oliveira; soldado João Batista da Silva Júnior e soldado Luciana Lopes Kelmer.

Clique em cima das fotos da galeria abaixo para visualizá-las grandes ou em Slideshow para passar todas as fotos automaticamente:

Solenidade 8º Batalhão. Fotos: Jornal de Lavras - 185 fotos


Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras @eduardocicarelli @sabrinacicareli

Leia também:

Atropelamento no trevo do bairro Água Limpa, em Lavras
Prefeitura vai perfurar poços artesianos na zona rural de Lavras
Informações complementares sobre o homicídio ocorrido em Lavras nesta quinta-feira
Polícia Civil de Perdões localizou plantação de maconha naquela cidade
Senar: cursos gratuitos para os trabalhadores rurais do Sul de Minas - 20/11 a 26/11/2017
Jornal de Lavras foi premiado em 3 categorias no Destaque Sales Pesquisa 2017
.  

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras