Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / Evento /


Publicada em: 13/11/2017 23:48 - Atualizada em: 14/11/2017 09:11
Autoridades civis e militares foram condecoradas pela PM em Lavras - veja fotos
A solenidade fez parte do encerramento das comemorações dos 85 anos do 8º Batalhão de Polícia Militar

Palanque das autoridades na solenidade. Foto: Jornal de Lavras

 

 

(35) 99925.5481   @jornaldelavras    @jornaldelavras   @jlavras   jornaldelavras

Foi realizada na sexta-feira, dia 10, no pátio do 8º Batalhão em Lavras, a solenidade de outorga da medalha cinquentenário "Coronel Fulgêncio de Souza Santos", em uma cerimônia que contou com a presença do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Helbert Figueiró de Lourdes, do Subcomandante-geral, coronel André Agostinho Leão de Oliveira, do chefe do Gabinete Militar, coronel Fernando Antônio Arantes; do comandante da 6ª Região de Policia Militar, coronel Giovani de Sousa Silva, do comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar e Patrono da medalha, tenente-coronel Renan Santos Chaves, do reitor da Universidade Federal de Lavras (Ufla), professor José Roberto Soares Scolforo, do prefeito de Lavras, José Cherem, Juízes, Promotores, Delegados e personalidades do meio civil.

O governador Fernando Pimentel, que havia confirmado sua presença, cancelou na manhã de sexta-feira, devido a problemas com agenda de compromissos. Sua ausência foi justificada pelo comandante-geral coronel Helbert Figueiró de Lourdes e representado pelo seu chefe do Gabinete Militar coronel Fernando Antônio Arantes.

A solenidade fez parte das comemorações dos 85 anos de fundação do 8º Batalhão de Polícia Militar. Para homenagear as autoridades civis e militares, que ajudaram e ajudam no engrandecimento da Unidade, o Comando instituiu, em 1982 a Medalha "Coronel Fulgêncio de Souza Santos", comenda relativa ao cinquentenário do Batalhão e outorgada quinze anos depois.

O coronel Fulgêncio de Souza Santos foi o primeiro comandante do 8º Batalhão, ele comandou a unidade por apenas três dias, ele assumiu o comando no dia 11 de julho de 1932 e morreu após ser atingido por uma bala inimiga na Revolução de 1932 no setor do Túnel, em Passa Quatro, no Sul de Minas. Após a sua morte, assumiu o comando do 8º Batalhão o tenente coronel José Persilva, que foi o segundo a comandar a recém-criada unidade militar de Minas Gerais.

O 8º Batalhão de Caçadores Mineiros era em Belo Horizonte e no dia 28 de fevereiro de 1934, pelo decreto 11.238, o interventor federal Benedito Valadares Ribeiro, deu por sede do 8º Batalhão de Caçadores Mineiros a cidade de Lavras.

Em 21 de março, quase um mês após a assinatura do decreto, chega a Lavras e se estabelece em definitivo o 8º Batalhão de Caçadores Mineiros, hoje 8º Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais, sendo seu primeiro comandante, em Lavras, o tenente coronel José Persilva. O efetivo do batalhão girava em torno de 300 homens, sendo sua maioria casados.

Entre os agraciados deste ano com a medalha estava o bisneto do coronel Fulgêncio, o capitão Paulo Roberto Bermudes Rezende, ele foi condecorado pelo Comandante-Geral. Outro homenageado que também tem uma participação histórica na corporação foi sargento Joaquim Corsino Soares, de 99 anos, ele é o mais antigo militar que ingressou no 8º Batalhão em 1931. O sargento Corsino foi homenageado pelo 8º Batalhão e recebeu a comenda das mãos do Comandante Geral.

Foram agraciados 17 dos 46 ex-comandantes do 8º Batalhão, o que foi também um fato histórico que reuniu em um só ato os coronéis que comandaram a tropa em diversos momentos, os ex-comandantes ajudaram a escrever parte da história do 8º Batalhão, o "Leão do Sul".

Em seu pronunciamento o coronel Giovani de Souza Silva destacou a atuação do tenente-coronel Renan Santos Chaves, atual comandante do 8º Batalhão, que conseguiu reduzir de forma expressiva os índices de criminalidade em Lavras e na área de abrangência do 8º. O coronel Giovani, destacou também a relevância histórica da Unidade no Sul de Minas. O 8º Batalhão foi o primeiro Batalhão a ser instalado no Sul do Estado.

O Comandante-Geral, coronel Helbert Figueiró de Lourdes, também falou da importância histórica do 8º Batalhão na prestação de serviços de segurança pública, ele também lembrou que a unidade policial em Lavras foi a matriz de todas as outras do Sul de Minas. Ele elogiou a atuação do comando do 8º e seus comandados no combate efetivo ao crime e pediu que todos continuassem a responder com ações o crime organizado na região.

A comissão que nomeou as autoridades para receber a medalha foi composta do tenente-coronel Renan Santos Chaves, do major e vice-comandante do 8º Batalhão, Rodolfo César Morotti Fernandes, da 2º tenente Vânia Veloso Guedes Guariento e os cabos Jean Carlos Moreira e Rafael Henrique Almeida. Foram agraciados com a medalha Coronel "Fulgêncio de Souza Santos" as seguintes autoridades:

Governador Fernando Damata Pimentel; Comandante da EsSA, general de Brigada Vinícius Ferreira Martinelli; presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado Adalclever Lopes; reitor da Universidade Federal de Lavras (Ufla), professor José Roberto Soares Scolforo; prefeito de Lavras José Cherem; juíza Zilda Maria Youssef Murad; reitora do Unilavras, professora Christiane Amaral Lunkes Argenta; coronel Comandante-Geral da PM Helbert Figueiró de Lourdes; coronel Fernando Antônio Arantes; coronel André Agostinho Leão de Oliveira; coronel Mário Lúcio Calçado; coronel Hélio dos Santos Júnior; coronel Márcio Martins Sant'Ana; coronel Sérgio Henrique Soares Fernandes; coronel Idzel Mafra Fagundes; coronel Paulo de Vasconcelos Junior; coronel Edvanio Rosa Carneiro; coronel Winston Coelho Costa; coronel Robson José de Queiroz; coronel Giovani de Sousa Silva; coronel Schubert Siqueira Campos; coronel Ailton Cirilo da Silva; coronel Cássio Antônio Fernandes; coronel Jean Jacques Alcântara Pedra; coronel Wilson de Souza Carlos; coronel Itamar de Oliveira Pacheco; coronel Antônio Egg Resende; coronel Fabiano Marques Ferreira da Silva; coronel Dalmir José de Sá; coronel Célio Fonseca Furtado; coronel Henrique Elói do Nascimento; coronel José Nunes Rodrigues; coronel José Honório de Araújo; coronel Fernando José de Oliveira Guimarães; coronel Luis Carlos Lima; coronel Francisco de Assis Oliveira; coronel Diovany Ribeiro da Silva; coronel Rosângela de Souza Freitas; coronel Luis Rogério de Assis; coronel Antônio Claret dos Santos; Deputado Estadual Luiz Fábio Cherem; Juiz militar coronel Rúbio Paulino Coelho; tenente-coronel Paulo Marcos Ferreira; tenente-coronel Marcos Antônio Dias; tenente-coronel Frederico Geraldo Ferreira; Juíza de Direito Maria Jacira Ramos e Silva; Promotora de Justiça, Josiane Moreira Soares Malaquias; Promotor de Justiça Aécio Rabelo; Promotor de Justiça Vladmir Sossai; Promotor de Justiça Carlos Eduardo Avanzi Almeida; Promotor de Justiça Wesley Leite Vaz; major Breno de Souza Reis; major Marcos Serpa de Oliveira; major Rodrigo de Fátima Afonso; major-capelão Neidir Antônio Nogueira Vale; capitão Francisco José Lyra; capitão Leonardo de Freitas Raimundo; capitão Paulo Roberto Bermudes Rezende; capitão Leandro Alexandre Campos; capitão-médico Luiz Ângelo de Oliveira; capitão Araí Alves Alvarenga; capitão Milton Marques de Oliveira; capitão Dionísio Alves; Delegado de Polícia Civil, Douglas Camarano de Castro; 1º tenente Leonardo de Oliveira Barbosa; 1º tenente Ederson de Souza Januário; 1º tenente Walder Carvalho Norberto; 1º tenente Luis Eduardo Resende Ferreira; 1º tenente Adilson Messias de Alvarenga; 1º tenente André Miliorelli Ferreira; 2º tenente Luciano Criste da Mata; 2º tenente Clevson Neves Montijo; 2º tenente Pedro Lisboa Barros Rodrigues; 2º tenente Alessandro Márcio de Oliveira; 2º tenente Emerson Sebastião de Oliveira; 2º tenente Cláudio Antônio de Carvalho; sub-tenente Antônio Marlus Maia; 1º sargento Hélio do Nascimento; 1º sargento Carlos Henrique de Souza; 1º sargento Luiz Antônio Rodarte; 1º sargento Josimar de Carvalho Aguiar; 1º sargento Geraldo Lucena; 1º sargento Antônio Costa; 1º sargento Antônio Faustino Alves Filho; 2º sargento Jorge Nunes Vassalo Filho; 2º sargento Adriane Santos Valério Silva; 2º sargento Antônio Carlos Belmiro; 2º sargento Dênis Praga Campos; 2º sargento Cleiton Vilas Boas; 2º sargento Jessé Carlos da Silva; 2º sargento Fábio Rossi Tavares; 2º sargento Alexsandro Rocha de Oliveira; 2º sargento Klésio Diniz Pereira; 2º sargento Márcio Monteiro Costa; 2º sargento Richard Emanuel dos Santos; 2º sargento Silvane da Silva; 2º sargento Joaquim Corsino Soares; 2º sargento Lucio de Paulo Caetano; 2º sargento José Nogueira da Silva Júnior; 2º sargento José Luiz de Almeida; 2º sargento Márcio Alves de Deus; 2º sargento Alessandro Aldair Tostes; 3º sargento Edson Ferreira; 3º sargento Juliana Aparecida Francisco; 3º sargento José Ramos Júnior; 3º sargento Otávio 3º sargento Augusto da Silva; 3º sargento Ronaldo Rodrigues Vieira; 3º sargento Hélio Márcio Garcia de Oliveira; 3º sargento Evaldo José da Silva; 3º sargento Derley Porteles; 3º sargento Juliano Barbosa; 3º sargento Sebastião Ésio Fernandes; 3º sargento Alexandre dos Santos Galego; 3º sargento Edivaldo da Silva Santos; 3º sargento Toni Braga da Silva; 3º sargento Oliel dos Santos; 3º sargento Cleison Lelis de Souza Lara; 3º sargento Eliel Henrique do Amaral; 3º sargento Alexsandro César Policarpo; 3º sargento Denis Maicon Ramos da Silva; 3º sargento Francis Antônio dos Santos; cabo Mario Lúcio Fonseca; cabo Cássio Harley Resende de Souza; cabo Erich Fernando da Costa; cabo Eduardo de Oliveira Rodrigues; cabo Carlos Renato Ribeiro dos Santos; cabo Rodrigo César Nogueira; cabo Alan Elias do Nascimento; cabo Adilson de Paulo Silva; cabo Pablo Andrade Laguardia; cabo Cláudio Roberto G. das Chagas; cabo Bruno Carlos Rangel; cabo Cláudia Mara Oliveira; cabo Wagner Aparecido de Matos Fonseca; cabo Thiago Natalino da Silva Bueno; cabo Leandro Carvalho Vieira; cabo Mauricio Santiago Coutinho; cabo Leonel Richs de Aquino; cabo Ricardo Renam Valério Vieira; cabo Thiago Amorim Pacheco; cabo Lucas Donizetti Rezende; cabo Suzana Maria da Silva Aureliano; cabo Leandro Menini de Oliveira; soldado João Batista da Silva Júnior e soldado Luciana Lopes Kelmer.

Clique em cima das fotos da galeria abaixo para visualizá-las grandes ou em Slideshow para passar todas as fotos automaticamente:

Solenidade 8º Batalhão. Fotos: Jornal de Lavras - 185 fotos


Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras @eduardocicarelli @sabrinacicareli

Leia também:

Região central de Lavras recebeu contêineres para depósito de lixo
PM faz apreensão de mais de quatro quilos de maconha em Lavras
Estupro coletivo em Itajubá deixa moradores da cidade revoltados
Manifestação contra constantes aumentos dos combustíveis foi realizada em Lavras
Menores fogem da PM de Lavras em uma motocicleta e sofrem acidente
Professor da Ufla esclarece as diferenças entre ovos caipiras e industriais - veja vídeo
.  

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras