Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / Religião /


Publicada em: 19/10/2017 16:02 - Atualizada em: 20/10/2017 00:42
Quadro Verônica, do século XVIII, vai voltar para Lavras
A obra atribuída a Joaquim Natividade foi levada de Lavras na década de 50 por um ex-aluno do Gammon, ela foi localizada no Masp, em São Paulo

Quadro antes do restauro e depois, a restauração custou R$ 38 mil e foi paga pelo Fundo Municipal do Patrimônio Cultural de Lavras

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

O quadro sacro de Verônica pertence ao acervo da igreja do Rosário, em Lavras, e na década de 50, quando aquele templo estava em ruínas, o estudante do Instituto Gammon William Daghlian o encontrou sob um amontoado de telhas, tijolos e pedaços de madeira. Daghlian percebeu que não havia segurança e nem condições da permanência do quadro naquele templo, então ele pegou o quadro de autor, até então, desconhecido, com o consentimento de uma vigia da igreja, e o levou para São Paulo.

Durante um período a obra ficou sob sua guarda até que fez uma doação ao Masp (Museu de Arte de São Paulo), nesta época ele já era um músico de renome nos Estados Unidos. A obra foi vista por um lavrense exposta no Masp, ele a reconheceu e denunciou nas promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico (CPPC/MPMG), que iniciou negociações com o museu em 2009 para devolução da tela.

A direção do Masp se propôs a devolver a obra para o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O quadro, que mede 1,2 por 60 de largura, foi atribuído ao artista Joaquim Natividade, que pintou o teto da igreja do Rosário. 

Agora a obra foi totalmente restaurada e, esta semana, em Belo Horizonte, a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em Minas, Célia Corsino, apresentou a tela intitulada Verônica, e informou que ela voltará para a Matriz de Nossa Senhora do Rosário, em Lavras.

O restauro do quadro ficou em R$ 38 mil e foi pago com recursos do Fundo Municipal do Patrimônio Cultural de Lavras, segundo informou o Gestor de Cultura Marcus Paullus.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Resgate de vítima de acidente na BR-265 mobilizou bombeiros de Lavras e São João del-Rei - veja fotos Corpo de Bombeiros de Lavras debelou o incêndio na Serra da Bocaina
   
Caminhão carregado com dinamite cai em rio no Sul de Minas e motorista morre - veja vídeo Fiocruz avalia que volta as aulas em Minas colocará em risco mais de 1 milhão de pessoas
   
Grupo de Fotógrafos Amadores de Lavras registrou passagem do cometa Neowise - veja fotos Manifestação pró-Bolsonaro em Lavras tem outdoors de apoio
   
Empresária denunciada pela Prefeitura de Lavras deixou o presídio de Elói Mendes para cumprir prisão domiciliar Diretório Municipal do PT manifesta sobre eleição em Lavras
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.


 
Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras