Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Comportamento /


Publicada em: 05/07/2017 09:34 - Atualizada em: 05/07/2017 15:18
Cemig: em 4 meses, 240 mil pessoas ficaram sem energia elétrica por causa do uso de linhas com cerol
Ontem um motociclista morreu eletrocutado em Ribeirão das Neves por um cabo rompido por uma linha cortante

A linha cortante é indutora de energia elétrica e pode até matar quem está soltando a pipa quando enrosca na rede elétrica. Foto: Cristiano Couto/setelagoas.com.br

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais) informou que de janeiro a abril deste ano, foram registrados pela empresa 663 ocorrências de interrupção de energia elétrica provocadas por linhas de pipas com cerol, uma mistura de cola com vidro moído.

A Cemig estima-se que 240 mil consumidores foram afetados com os cortes de energia. Em todo o ano passado cerca de um milhão de consumidores tiveram o fornecimento de energia prejudicado pela prática.

Ontem, terça-feira, dia 4, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), uma linha com cerol seccionou um cabo de alta tensão que caiu e um motociclista morreu eletrocutado.

De acordo com a Cemig, as pipas devem ser empinadas em locais abertos e afastados da rede elétrica. O uso do cerol, além de ser um ato criminoso, as linhas cortantes pode causar acidentes graves com as pessoas que manipulam as pipas e terceiros, especialmente motociclistas. Além disso, as linhas cortantes podem provocar curto-circuito nas redes elétricas e até provocar choque nas pessoas que tiverem contato elas. 

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Usina do Funil realizará simulado de rompimento de barragem no sábado Lavras e Varginha fecharam setembro com saldo negativo na geração de empregos
   
Empresa de Pesquisa de Lavras, MDA, avaliou Zema e Bolsonaro Direção do Lavras Tênis Clube vai homenagear ex-atleta denominando obra com seu nome
   
Varginha e Três Corações são as cidades mais violentas no Sul de Minas, segundo dados do Governo de Minas Torcida da Flalavras distribuiu brinquedos arrecadados para o Dia da Criança em Lavras
.

Flashes de Notícias:

Descoberta de que jovem assassinada estava grávida - entrevista com a delegada Projeto de regulamentação do serviço de Mototaxista
   
Projeto Influencers na Net nas escolas municipais Queijo lavrense premiado no Concurso Mundial de Queijos
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Peru - Parte 6 - Lima Série Viajadamente no Peru - Parte 5 - Machu Picchu
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 4 - Machu Picchu Série Viajadamente no Peru - Parte 3 - Cusco
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 2 - Cusco Série Viajadamente no Peru - Parte 1 - Cusco

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras