Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Comportamento /


Publicada em: 04/02/2017 13:47 - Atualizada em: 04/02/2017 21:51
Em janeiro, 50 pessoas foram retiradas da situação de rua em Lavras
O número de pessoas em situação de rua está caindo em Lavras. Em janeiro, 19 foram internadas em clínicas para tratamento e 31 receberam passagens para seguir viagem

Imagem ilustrativa extraída do site poracaso.com

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Lavras estava com uma grande quantidade de pessoas em situação de rua, os comumentes chamados de "Moradores de Rua", o número crescente é um problema causado pela prestação de serviço deficitária na área da Assistência Social. Para resolver este problema, foi decidido que a primeira providência tomada pela atual equipe da Secretaria de Desenvolvimento Social, em janeiro, seria levantar a origem destas pessoas e por que existia tanta gente nestas condições nas ruas e praças de Lavras.

O trabalho de levantamento foi realizado e detectado que muitos eram migrantes, e que o número crescente de migrantes se deu ao fato de que eles chegavam a Lavras e não tinham como continuar viagem, isso porque eles não recebiam passagens para continuar seu destino, ou voltar para suas cidades de origem, passagens estas que são garantidas por lei, e devem ser cedidas pelo Poder Público. O órgão responsável pelo repasse do dinheiro para aquisição das passagens havia deixado de fornecer os recursos, por esta razão, cada dia aumentava em Lavras o número de pessoas que apresentavam diversas situações de vulnerabilidade social.

Detectados os problemas, a Administração Municipal começou a tomar as providências cabíveis: aqueles que por razões diversas se entregaram ao vício e que aceitaram tratamento, foram retirados das ruas e encaminhados para as clínicas terapêuticas na região. Em janeiro foram encaminhados 19 pacientes nestas condições, eles deixaram às ruas e foram internados para receber tratamento.

Além das 19 pessoas encaminhadas para as clínicas terapêuticas, outros 31 migrantes receberam as passagens a que tinham direito e também deixaram as ruas de Lavras.

Ao todo, segundo a coordenadora da Proteção Especial da Secretaria de Desenvolvimento Social, a psicóloga Kátia Adriana de Souza, foram retirados das ruas de Lavras em janeiro 50 pessoas entre migrantes e aqueles que precisavam de tratamento.

Kátia disse ainda que entre os 19 enviados para as casas terapêuticas, muitos são de Lavras, são pessoas que tem família, mas que foram para as ruas por quebra de vínculo familiar por conta do uso de drogas e álcool.

Ainda de acordo com a psicóloga, o que ajuda a manter essas pessoas nas ruas são as esmolas que eles recebem. A Secretaria tem um projeto de conscientização da população a não dar esmolas nas ruas, o projeto visa esclarecer às pessoas sobre este problema que acaba criando círculo vicioso. "A população precisa ser esclarecida que o problema de mendigos, migrantes e pessoas que se entregaram às drogas, deve ser tratado com políticas de planejamento e assistência do Poder Público e não com medidas meramente paliativas, como é o caso da esmola. Além de não resolver o problema, a esmola causa o efeito de estimular a pessoa que precisa de ajuda, a permanece na condição vulnerável em que se encontra. O projeto de ações da campanha de conscientização deve iniciar em breve e as ações de assistência às pessoas que ainda estão em situação de rua em Lavras, iniciadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social, serão contínuas", afirmou a psicóloga Kátia.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Ufla obtém resultados de excelência no Enade Agência da Copasa em Lavras voltou com o atendimento presencial, mas com restrições
   
Inaugurado na Ufla, o LabCovid, que realizará exames de diagnóstico da Covid - veja fotos Ufla, em parceria internacional, realiza pesquisa inédita sobre a reconstrução do clima da Amazônia
   
Vacinação contra sarampo para jovens e adultos em Lavras vai até o dia 30 Bombeiros de MG atenderam a 40 afogamentos nos 12 primeiros dias de outubro
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras