Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 30/11/2016 20:51 - Atualizada em: 30/11/2016 21:01
Pacote anticorrupção passa sem anistia ao caixa 2, mas com punição a juízes - veja votos dos deputados mineiros
Deputados intimidam procuradores, promotores e juízes e coloca em risco o combate a corrupção, saiba como votou cada parlamentar mineiro

O plenário da Câmara dos Deputados na madrugada desta quarta-feira, quando foi aprovado o pacote desfigurado. Foto: Luis Macedo - Câmara Federal

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Enquanto os brasileiros tinham os olhos voltados para a Colômbia na tragédia que abalou o mundo, os deputados federais do Brasil agiram e mudaram as 10 propostas de medidas contra a corrupção no projeto de iniciativa popular apresentado ao Ministério Público Federal, que avalizou as propostas.

Ao fim da votação, por volta das 4h20 de hoje, quarta-feira, boa parte do projeto havia sido desfigurado. Da proposta original, os deputados retiraram, por exemplo, a medida que previa a punição aos partidos políticos pela prática de caixa 2, acabaram com a figura do "reportante do bem" (que era uma espécie de ajuda financeira a quem delatasse crimes dos quais não participou), reduziram o poder do Ministério Público junto aos acordos leniência e não aprovaram a tipificação do enriquecimento ilícito.

Em nota divulgada hoje, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, falou em "retaliação" por parte dos deputados no texto aprovado na madrugada desta quarta-feira, dia 30, pela Câmara dos Deputados. Os parlamentares articularam para beneficiar aqueles que estão sendo investigados pelas operações da Polícia Federal e principalmente pela Operação Lava-Jato.

Eles incluíram medidas polêmicas, como a previsão de punir por crime de abuso de autoridade magistrados, procuradores e promotores, uma forma de engessar quem investiga. Também foram retiradas propostas consideradas essenciais pelos investigadores, como a responsabilização dos partidos políticos e dirigentes partidário por atos cometidos por políticos filiados às siglas.

Para Janot, o resultado da votação "colocou o país em marcha a ré no combate à corrupção", em nota o Procurador-Geral da República chamou a votação desta madrugada de "ponto de inflexão e tensão institucional" e de "rejeição violenta e irracional ao Ministério Público e ao Judiciário". Para ele, "as 10 medidas contra a corrupção não existem mais.

O procurador da República, Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da operação Lava Jato, afirmou nesta quarta-feira, dia 30, que caso o novo projeto anticorrupção aprovado pelo plenário da Câmara seja sancionado pelo presidente Michel Temer, a "proposta é de renunciar coletivamente".

O projeto anticorrupção que foi alterado para poder frear as investigações, engessar a Polícia Federal e colocar em risco a operação Lava-Jato, foi aprovado por 313 votos favoráveis; 132 contra; 5 abstenções; total de 450.

A deputada federal por Lavras, Dâmina de Carvalho Pereira, votou a favor do projeto modificado.

Saiba quem votou contra e quem votou a favor das medidas que colocam o combate a corrupção em risco:

Saiba como votou o seu deputado

Adelmo Carneiro Leão

PT

 

Sim

Ademir Camilo

PTN

 

Sim

Aelton Freitas

PR

 

Sim

Bilac Pinto

PR

 

Abstenção

Bonifácio de Andrada

PSDB

 

Sim

Caio Narcio

PSDB

 

Sim

Carlos Melles

DEM

 

Não

Dâmina Pereira

PSL

 

Sim

Delegado Edson Moreira

PR

 

Sim

Diego Andrade

PSD

 

Sim

Dimas Fabiano

PP

 

Sim

Domingos Sávio

PSDB

 

Não

Eduardo Barbosa

PSDB

 

Não

Eros Biondini

PROS

 

Não

Fábio Ramalho

PMDB

 

Sim

Franklin Lima

PP

 

Sim

Gabriel Guimarães

PT

 

Sim

Jaime Martins

PSD

 

Não

Júlio Delgado

PSB

 

Não

Laudivio Carvalho

Solidariedade

 

Sim

Leonardo Monteiro

PT

 

Sim

Leonardo Quintão

PMDB

 

Sim

Luis Tibé

PTdoB

 

Sim

Luiz Fernando Faria

PP

 

Sim

Marcelo Álvaro Antônio

PR

 

Sim

Marcelo Aro

PHS

 

Não

Marcos Montes

PSD

 

Sim

Marcus Pestana

PSDB

 

Não

Margarida Salomão

PT

 

Sim

Mário Heringer

PDT

 

Sim

Mauro Lopes

PMDB

 

Sim

Misael Varella

DEM

 

Sim

Newton Cardoso Jr

PMDB

 

Sim

Odelmo Leão

PP

 

Sim

Padre João

PT

 

Sim

Patrus Ananias

PT

 

Sim

Paulo Abi-Ackel

PSDB

 

Não

Raquel Muniz

PSD

 

Sim

Reginaldo Lopes

PT

 

Sim

Renzo Braz

PP

 

Sim

Rodrigo de Castro

PSDB

 

Sim

Rodrigo Pacheco

PMDB

 

Sim

Saraiva Felipe

PMDB

 

Sim

Subtenente Gonzaga

PDT

 

Não

Tenente Lúcio

PSB

 

Não

Toninho Pinheiro

PP

 

Sim

Weliton Prado

PMB

 

Não

Zé Silva

Solidariedade

 

Sim

Total Minas Gerais: 48   

 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Rua de Luminárias com 9 faixas de pedestres virou meme nas redes sociais Covid-19: Associação Médica de Lavras manifesta através de nota oficial
   
LabCovid e Prefeitura de Ingaí realizam coleta para exame de Covid-19 Começou a campanha de vacinação contra a Covid-19 em Lavras
   
Prefeitura de Lavras publica decreto restringindo o funcionamento de bares, restaurantes e outras atividades comerciais Acidente em Lavras: motociclista bate em caminhão e é socorrido pelos bombeiros
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras