Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Educação /


Publicada em: 29/11/2016 07:28 - Atualizada em: 29/11/2016 11:52
Projeto de 3 professoras de Lavras colocou seus alunos em contato com alunos da África - veja vídeo
O projeto era contra o preconceito, valorizando as crianças afrodescendentes

Clique no play para ver o vídeo, que explica todo o desenvolvimento do projeto

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

No dia 23 de maio de 1934, há exatamente 82 anos, era inaugurado o segundo grupo escolar de Lavras, na praça Dr. Jorge, com a denominação de "Álvaro Botelho", cuja primeira diretora foi Maria Madalena de Carvalho, que permaneceu no cargo até 24 de maio de 1959. Em seus 82 anos de história o "Álvaro Botelho" formou muita gente, muitas personalidades passaram por aquela escola que se tornou conhecida em Lavras e na região.

Agora a escola municipal Álvaro Botelho deu um passo maior e se tornou conhecida internacionalmente, isso graças ao trabalho de três professoras: Valéria de Alvarenga Pimenta Vilas Boas e suas colegas Isabela Campideli e Glória Souza, elas realizaram um projeto, idealizado por Valéria, para falar de preconceito racial e valorizar os alunos e alunas afrodescendentes.

Foram desenvolvidas diversas atividades como teatro, leitura de livros relacionados ao tema, mural, debate com alunos e outros. Entre a programação uma visita de um africano, um cidadão de Moçambique, uma ex-colônia portuguesa. O moçambicano de nome Elídio fez palestra para os alunos, mostrou como era seu país e uma escola da cidade de Nampula, na província do mesmo nome.

Os alunos das professoras Valéria, Isabela e Glória, se encantaram com os colegas que são separados pelo Oceano Atlântico. A palestra de Elídio seria mais uma das atividades promovidas pelas professoras, porém, elas resolveram ir além e envolveram Elídio numa missão: como ele estava de partida para sua terra natal, pediram para ele levar uma cartinha dos alunos das classes envolvidas no projeto para ser entregue a alunos de uma escola de Nampula, com alunos na mesma faixa etária do grupo de estudo do Álvaro Botelho. Elídio se prontificou em levar a cartinha e um vídeo mostrando a escola de Lavras e seus alunos.

Elido levou a mensagem das crianças lavrenses para Moçambique, para a Escola Primária Completa Namuli, e os alunos e professores de lá responderam da mesma forma: enviaram uma cartinha e um vídeo para os alunos lavrenses. Os alunos do Álvaro Botelho quiseram então estreitar mais a amizade com seus novos amigos do continente africano.

As crianças prepararam uma caixa com lembranças para os pequenos moçambicanos, foram adquiridos livros de literatura infantil brasileira, as crianças tiveram um apoio muito grande da Livraria Nobel e de outros estabelecimentos comerciais. Foram colocados na caixa diversos materiais escolares, como lápis, borrachas, caixa de lápis de cor, peteca, réguas e outras lembranças, além de uma bandeira brasileira e uma carta, tudo foi embalado e levado até a agência dos Correios e postado.

A caixa chegou ao seu destino e a sua abertura foi registrada em vídeo que foi enviado para a escola municipal Álvaro Botelho. Nele percebe-se claramente a alegria das crianças africanas. O projeto das professoras, além de ter alcançado seus objetivos, mostrou que as crianças, fazem amizades com muito mais facilidade, que elas não têm preconceito e se doam de coração aberto aos novos amigos.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Comerciante de Lavras foi conduzida até a delegacia por vender bebida alcoólica para menores Parecer favorável da CCJ pode resultar em devolução de verbas para o Executivo
   
Dois lavrenses serão agraciados com a Medalha "Juscelino Kubistchek" Homem foi preso acusado de abusar sexualmente de crianças nas dependências do Lavras Tênis Clube
   
Pedestre é atingido no rosto por linha chilena em bairro de Lavras Campus 2 do Unilavras foi inaugurado em Lavras - veja fotos
.

Flashes de Notícias:

Projeto Influencers na Net nas escolas municipais Queijo lavrense premiado no Concurso Mundial de Queijos
   
Briga com facada no Centro de Lavras 1ª Edição do Fest Vai
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Peru - Parte 6 - Lima Série Viajadamente no Peru - Parte 5 - Machu Picchu
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 4 - Machu Picchu Série Viajadamente no Peru - Parte 3 - Cusco
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 2 - Cusco Série Viajadamente no Peru - Parte 1 - Cusco

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras