Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Tecnologia /


Publicada em: 07/11/2016 16:30 - Atualizada em: 08/11/2016 00:17
Ufla desenvolve projeto que capacita estudantes para atuar no mercado de cafés de alta qualidade
Intitulado de "Coffee Hunters", o projeto desenvolvido na InovaCafé da Ufla conta com o apoio do Polo de Excelência do Café

Só com essa análise é possível separar os cafés de acordo com os padrões de qualidade internacionais

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Com o objetivo de promover a troca de informações e disseminar conhecimento sobre os cafés de alta qualidade, o projeto desenvolvido pelo professor do departamento de agricultura da Universidade Federal de Lavras (Ufla), com ênfase na área de colheita, pós-colheita e qualidade do café, Virgílio Anastácio da Silva e pelo doutorando do programa de pós-graduação em fitotecnia e degustador de café, Bruno Ribeiro, vem em pleno desenvolvimento na Universidade.

Com sua primeira turma em andamento, o grupo é formado por estudantes de graduação do curso de agronomia da Ufla. Os encontros acontecem a cada quinze dias onde são debatidos de forma prática as etapas pelas quais o café é submetido e como cada processo influencia na qualidade da bebida. No último encontro realizado no dia 1 de novembro na InovaCafé, foram discutidas a postura na degustação, atributos de cafés especiais, diferenciação dos produtos, os protocolos de degustação e as normas vigentes. 

A ideia dos tutores surgiu após perceberem a demanda por cafés especiais, do crescente mercado que procura profissionais diferenciados que conheçam o processo, as origens e como chegar a esse produto, "vimos a oportunidade de trabalhar com um grupo de interessados, criamos o projeto em parceria com eles, com cronogramas, organizações, atribuições, que segue uma estrutura de atuação já consolidada no vinho e que vem se concretizando cada vez mais, na cafeicultura", comenta Bruno. 

De acordo com o professor Virgílio, "a principal importância desse projeto é que esses estudantes vão ter conhecimento sobre classificação e avaliação de qualidade de café a nível internacional, ou seja, através do curso eles vão conhecer o protocolo da Associação Americana de Cafés Especiais (SCAA) que é utilizado mundialmente, com a conclusão do curso eles estarão aptos a fazer uma avaliação dos cafés a nível internacional, mediante ao credenciamento junto ao CQI – Coffee Quality Institute".

Virgílio analisa que apesar do Brasil ser o maior produtor de café do mundo, existem poucos provadores Q-grader (classificador de café qualificado pelo Coffee Quality Institute (CQI) e que segue o protocolo da SCAA), hoje em dia. "Se você visitar as cafeterias, cooperativas e produtores, eles têm uma necessidade muito grande de profissionais nessa área, porque a maioria dos produtores vende os seus produtos sem saber a qualidade do café que eles têm na propriedade, então às vezes um café que teria um valor de R$ 800 a saca eles vendem por R$ 450, esses estudantes dentro de pouco tempo estarão aptos a julgar esse café e mostrar para o produtor o que ele tem na mão, de repente ele tem um diamante que se lapidado pode virar um brilhante", ressalta. 

"A nossa intenção é trabalhar por etapas, visando o conhecimento geral de cafés "das lavouras à xícara", discutir as demandas nacionais e internacionais nos âmbitos desses profissionais, nas quais os estudantes possam compreender o processo pelo qual o produto é submetido: com anos de treinamentos, observando as interações entre ambientes, variedades, processos, a importância de seguir normas na torração, a degustação, a postura profissional, temos absoluta certeza do sucesso e inserção dos participantes nos mercados de trabalhos e ai sim, posicionaremos a formação de um novo grupo. Compreender os aspectos relacionados à qualidade de cafés, demanda de estudos, foco, atitudes, sintonia do grupo e com toda a certeza, o fortalecimento do conhecimento será com o tempo e afinidade com os assuntos", explica Bruno, ressaltando que a intenção dos tutores é de ofertar novas turmas onde as vagas serão abertas para as pessoas que tenham interesse no café, não necessariamente pessoas ligadas à agronomia, mas pessoas que querem fazer o diferencial como os filhos de produtores, o próprio produtor ou pessoas ligadas ao ramo cafeeiro que queiram se aprofundar sobre o assunto, "mas tudo isso só será possível após firmamos parcerias para dar força ao projeto, daí projetamos novos grupos fortalecendo o mercado", pontua.

Texto e Fotos: Vanessa Trevisan (Ascom InovaCafé) 

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Ufla obtém resultados de excelência no Enade Agência da Copasa em Lavras voltou com o atendimento presencial, mas com restrições
   
Inaugurado na Ufla, o LabCovid, que realizará exames de diagnóstico da Covid - veja fotos Ufla, em parceria internacional, realiza pesquisa inédita sobre a reconstrução do clima da Amazônia
   
Vacinação contra sarampo para jovens e adultos em Lavras vai até o dia 30 Bombeiros de MG atenderam a 40 afogamentos nos 12 primeiros dias de outubro
.

Flashes de Notícias

.  

Blog Sabrina Cicareli:

Decoração da minha Kitnet Tudo de Bom no Os Mais Influentes Revista Elitte 2019
   
Tudo de Bom no Destaque Sales Pesquisa Lavras 2019 Série Viajadamente no Chile - Parte 7 - Valle Nevado
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 6 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 5 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 4 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 3 - Tour em Santiago
   
Série Viajadamente no Chile - Parte 2 - Tour em Santiago Série Viajadamente no Chile - Parte 1 - Tour por Santiago
   

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras