Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 09/10/2016 15:26 - Atualizada em: 09/10/2016 22:07
Políticos LGBT foram eleitos em cidades pequenas e conservadoras
A informação do número de candidatos e de eleitos foi divulgada pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra)

Wirley, o "Têko", será o prefeito de Itapecerica e Claudinei, a Najara, vereadora de Caldas. (Fotomontagem do Jornal de Lavras, com fotos do TRE)

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Nestas eleições municipais concorreram em todo o Brasil, 115 candidatos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) às câmaras municipais e prefeituras, 16 deles tiveram êxito e, curiosamente, a metade foi eleita em cidades pequenas, com população considerada conservadora. A informação do número de candidatos e de eleitos é da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra).

O prefeito eleito de Itapecerica, cidade próxima a Divinópolis, Wirley Rodrigues Reis, o "Têko", faz parte desse grupo: "Têko" tem 35 anos e foi eleito pelo Partido Humanista da Solidariedade (PHS) com 7.890 votos, contra 5.867 de seu oponente.

"Têko" foi o único prefeito declarado LGBT eleito no Brasil nestas últimas eleições municipais. Mesmo sendo um vitorioso, ele reclamou de preconceito, contou que um dia acordou com o muro de sua casa pichado com palavras e frases preconceituosas, disse que teve o orgulho ferido, mas também serviu para dar mais força para continuar na luta pela prefeitura da cidade. 

No Sul de Minas, a Câmara Municipal de Caldas vai contar no próximo ano com a vereadora Najara, que se elegeu pela sigla do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Najara tem como nome de registro Claudinei Gomes dos Reis. Najara foi a quinta vereadora mais votada naquela cidade, ela obteve 416 votos, a maioria de seus votos, cerca de 300, foram obtidos na pequena comunidade de São Pedro de Caldas, onde ela nasceu e viveu. Ela trabalhava num laticínio no lugarejo, deixou para se candidatar.

De acordo com a Antra, em 1996 eram apenas seis candidatos transexuais disputando as eleições e este ano foram 115, se considerar os que não foram eleitos verifica-se um crescimento de 1.916%.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras