Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 12/09/2016 21:51 - Atualizada em: 13/09/2016 11:46
Servidores da Prefeitura manifestam na rua e nas redes sociais contra Silas
Grupo de servidores municipais promoveu manifestação na porta da Prefeitura na tarde desta segunda-feira

Faixa de apoio do Sindicato da categoria em favor dos servidores que tiveram redução de salário em 10%. Fotos: Jornal de Lavras

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Um grupo pequeno de servidores fez uma manifestação ruidosa na porta da Prefeitura de Lavras na tarde desta segunda-feira. O grupo teve o apoio do Sindicato dos Servidores, que levou para frente do prédio um carro de som, além disso, os servidores promoveram um apitaço para chamar a atenção do Executivo, que tomou a decisão unilateral de reduzir em 10% o salário de todos os servidores municipais a partir deste mês de agosto, com a promessa de pagar quando a situação da prefeitura melhorar.

Os servidores pregaram na parede do prédio cartazes com frases referentes ao desconto, estenderam uma faixa com os dizeres: "Não a redução salarial. Sindicato dos Servidores Públicos Municipais apoiando as categorias".

Os servidores e o Sindicato dizem que a decisão tomada pelo Executivo é ilegal e que ele quer é passar para a próxima administração uma dívida de uma folha de pagamento acumulada nos meses de agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro, com 10% dos salários de cada servidor. Eles dizem que a iniciativa, além de inviabilizar o próximo governo, penaliza os servidores.

Seria uma folha extra de mais 50% dos salários de todos os servidores comissionados, contratados, efetivos e agentes políticos, inclusive prefeito e vice-prefeito. Estão fora desta "penalidade" apenas aqueles que ganham abaixo de R$ 1.120 e os que recebem verbas vinculadas a receitas próprias, como a Educação e o Trânsito, além de aposentados e pensionistas. O Executivo justifica a medida pela falta de recursos financeiros da prefeitura.

A maioria das manifestações, algumas até agressivas, está acontecendo nas redes sociais, principalmente nos grupos criados pelos servidores. Quem também tem sido alvo dos servidores enfurecidos com o que eles estão chamando de "confisco" de dinheiro, são os vereadores que apóiam e apoiaram Silas, os servidores estão fazendo uma campanha contra eles.

Os servidores sabem que o prefeito que ganhar a eleição não vai pagar esta folha em janeiro, eles sabem também que o prefeito que herdar esta dívida poderá pagar somente quando tiver condições e dividido em parcelas, por isso que eles querem cobrar agora de quem, segundo alguns servidores nas redes sociais, "está aplicando esse golpe."

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras