Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / História /


Publicada em: 11/09/2016 17:02 - Atualizada em: 12/09/2016 08:23
Você se lembra onde estava há 15 anos, no dia 11 de setembro de 2001?
Todos que assistiram a queda do símbolo da economia da maior potência do mundo sabem onde estava naquele dia

Uma imagem que o mundo jamais imaginaria: o símbolo da economia da maior potencia do planeta ruindo. Foto: Us Today

 

 

  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Hoje é domingo, dia 11 de setembro, há quinze anos o mundo parou: a maior potência do planeta estava sendo atacada, extremistas mostravam para o mundo que a segurança dos Estados Unidos era frágil. Os americanos ficaram perplexos, eles que já haviam invadido diversos países, derrotado exércitos, se tornaram presas nas mãos alguns radicais.

As torres gêmeas, como era chamado o Word Trade Center, eram o símbolo do poderio econômico americano e, no dia 11 de setembro de 2001, o mundo todo assistiu elas ruindo, nunca mais as imagens serão apagadas das nossas memórias. Naquela manhã de 11 de setembro de 2001, todo mundo sabe onde estava.

Em Lavras, toda a imprensa da cidade estava reunida no Clube de Lavras. Naquela manhã, a imprensa da cidade acompanhava o pronunciamento do então candidato Newton Cardoso. O jornalista Silva Júnior, que na época trabalhava na TV Universitária, chegou atrasado e contou para o grupo que fazia a cobertura da visita de Newton Cardoso, que se atrasou porque estava assistindo o que ele chamou de acidente aéreo. Até então, ninguém imaginava que seria um atentado terrorista e que outro avião se chocaria com a segunda torre.

No meio da entrevista coletiva, Newton Cardoso foi avisado sobre os atentados nos Estados Unidos e repassou a informação para aqueles que o recebiam no principal clube da cidade.

Nem a imprensa de Lavras e nem Newton Cardoso imaginavam que naquele dia o mundo assistia não apenas ao desabamento do maior ícone da supremacia econômica norte-americana. A derrubada das torres do World Trade Center, teve um efeito devastador para os Estados Unidos e para os americanos, que até aquele dia não conhecia o que se passava além de suas fronteiras, isso fruto de uma cultura extremamente nacionalista e orgulhosa.

Hoje é um dia de tristeza para os americanos, mas mais que isso, hoje é um dia de medo para eles e para países europeus, medo de que os fundamentalistas comemorem a data promovendo mais atentados.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
www.jornaldelavras.com.br 
A informação a um click de você
#jornaldelavras Eduardo Cicarelli Sabrina Cicareli

Leia também:

Comerciante de Lavras foi conduzida até a delegacia por vender bebida alcoólica para menores Parecer favorável da CCJ pode resultar em devolução de verbas para o Executivo
   
Dois lavrenses serão agraciados com a Medalha "Juscelino Kubistchek" Homem foi preso acusado de abusar sexualmente de crianças nas dependências do Lavras Tênis Clube
   
Pedestre é atingido no rosto por linha chilena em bairro de Lavras Campus 2 do Unilavras foi inaugurado em Lavras - veja fotos
.

Flashes de Notícias:

Projeto Influencers na Net nas escolas municipais Queijo lavrense premiado no Concurso Mundial de Queijos
   
Briga com facada no Centro de Lavras 1ª Edição do Fest Vai
.  

Blog Sabrina Cicareli:

Série Viajadamente no Peru - Parte 6 - Lima Série Viajadamente no Peru - Parte 5 - Machu Picchu
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 4 - Machu Picchu Série Viajadamente no Peru - Parte 3 - Cusco
   
Série Viajadamente no Peru - Parte 2 - Cusco Série Viajadamente no Peru - Parte 1 - Cusco

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras