Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Trabalho /


Publicada em: 31/08/2016 08:12 - Atualizada em: 31/08/2016 13:52
Demissões foram maiores que contratações nas 5 maiores cidades do Sul de Minas
Desemprego assombra famílias das cinco maiores cidades do Sul de Minas: em julho, todas elas fecharam no vermelho

Imagem ilustrativa extraída do site: segurodesemprego2016.com.br

 

 

(35) 99925.5481   @jornaldelavras    @jornaldelavras   @jlavras   jornaldelavras

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 11,6% no trimestre encerrado em julho de 2016, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados hoje, terça-feira, dia 30, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado ficou acima da mediana (11,50%), mas dentro do intervalo das expectativas dos analistas que estimavam uma taxa de desemprego entre 11,30% e 11,70%. Em igual período do ano passado, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 8,60%.

Nas cinco maiores cidades do Sul de Minas - Poços de Caldas, Pouso Alegre, Varginha, Passos e Lavras - o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) registrou déficit na geração de emprego no mês de julho. Poços de Caldas fechou o mês de julho com saldo negativo de -311 empregos, em julho aquela cidade gerou 1.530 vagas de empregos e fechou 1.841, um déficit negativo de 311 desempregados.

Em Pouso Alegre a situação não foi diferente, foram geradas 1.382 vagas de empregos e foram fechadas 1.716, com isso, 334 pessoas ficaram desempregadas em Pouso Alegre no mês de julho. Varginha também registrou saldo negativo em julho, aquela cidade abriu 1.354 vagas de empregos e fechou 1.691, deixando 335 pessoas na fila dos desempregados.

Passos em julho abriu 622 vagas de empregos e fechou 696, registrando um saldo negativo de -74. Situação pior foi a de Lavras, que foi a cidade que menos gerou empregos em julho: 580 e demitiu em igual período 693, deixando na fila dos desempregados 113 pessoas.

O desempenho negativo das cinco maiores cidades do Sul de Minas foi atribuído ao fim da colheita do café, o que não confere com a planilha do Caged em pelo menos 4 das 5 cidades. Em Poços de Caldas, o setor agropecuário demitiu 169 pessoas em julho, Pouso Alegre 19, Varginha 51, Passos 5 e Lavras 9. Em Lavras as demissões que mais pesaram no resultado final foram na construção civil 58, e indústria, com 41.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras @eduardocicarelli @sabrinacicareli

Leia também:

Policial militar morre baleado em tentativa de assalto em Ilicínea
PM de Lavras apreende droga e pistola austríaca Glock
II Preservando vai plantar árvores no bairro Jardim Campestre III, em Lavras
Setembro Amarelo: ações serão realizadas em Lavras para prevenção ao suicídio
Um dos símbolos de Lavras, a serra da Bocaina, está em chamas - veja fotos

.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras