Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 06/08/2016 15:13 - Atualizada em: 07/08/2016 08:13
Candidatura de Jussara Menicucci não foi anunciada na convenção PSDB/PMDB
PSDB e PMDB não conseguiram lançar Jussara como candidata para as eleições de outubro na conveção, mas ainda há uma chance dela concorrer às eleições

Jussara Menicucci de Oliveira, ex-prefeita de Lavras, que ainda tem chance se aliar a outro candidato. Foto: Arquivo Jornal de Lavras

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A convenção do PSDB, que coligou com o PMDB, terminou indefinida na tarde de ontem, porém, tem ainda até o dia 15, data em que expira o prazo para registro das atas das convenções, para o partido anunciar se a ex-prefeita Jussara Menicucci será candidata. Ontem, durante a convenção do PSDB, se discutia uma composição com o empresário Dehon Junio de Morais, o "Dehon Tratores", do PSL, partido que tem como presidente estadual o também empresário Carlos Alberto Pereira. Acontece que o PSL já tinha acertado apoio com Leandro Moretti e nem Jussara e nem Dehon sabiam disso ainda quando estavam negociando.

Com o desfecho desfavorável da composição, muitos daqueles que estavam na Câmara Municipal apoiando a possível candidatura da ex-prefeita, correram para o Clube de Lavras e chegaram a tempo de aplaudirem o discurso de Moretti.

Existe outra possibilidade, porém remota: seria Jussara se aliar a Moretti e se sujeitar a ter que dividir o comando com o próprio Moretti e com o grupo político de Carlos Alberto Pereira, presidente estadual do PSL, partido daquele que o PSDB e o PMDB acreditavam que indicaria o vice-prefeito da coligação. Ontem, quando as convenções estavam sendo realizadas em Lavras, PSDB e PMDB na Câmara Municipal e PRB e coligados no Clube de Lavras, o presidente estadual do PSL, Carlos Alberto Pereira, estava em Três Corações acompanhando a deputada federal Dâmina Pereira em compromissos partidários, mas acompanhava por telefone tudo que acontecia em Lavras.

A "puxada de tapete" que o PSL deu no PSDB foi visto por algumas pessoas como uma vingança do também ex-prefeito Carlos Alberto, que teve seu futuro político comprometido por causa de denúncias do PSDB e da ex-prefeita. Foram as denúncias da coligação do PSDB também, com o aval da ex-prefeita, que resultaram na saída do ex-prefeito Marcos Cherem e a entrada de Silas Costa Pereira na Prefeitura de Lavras.

Silas e seus advogados, com todas as ações e decisões tomadas desde que resolveu entrar para política em Lavras, inclusive muitas delas em conjunto com a ex-prefeita Jussara, resultaram em façanhas até então inimagináveis: tirar de cena da política a família Menicucci, deixar os dois maiores partidos políticos - PSDB e o PMDB - destroçados, de modo que, se o cenário se mantiver até dia 15, pela primeira vez, depois de anos, eles não terão participação na escolha dos candidatos a prefeito e vice-prefeito da cidade, e ainda comprometendo o futuro político de muitos vereadores, principalmente aqueles que "habitam" o Poder Legislativo há anos. 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras