Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


destaque / História /


Publicada em: 22/06/2016 19:15 - Atualizada em: 22/06/2016 19:22
22 de junho: Dia Internacional do Fusca
Hoje é dia dele, o Fusca, o "besourinho", o "fusquêta", seja lá como ele é chamado, mas que é o carro que mais tem história... isso é inegável

Claudinei Barbosa, um dos milhares de brasileiros que tem um Fusca para reformar na garagem (Foto: Arquivo Jornal de Lavras)

 

 

(35) 99925.5481   @jornaldelavras    @jornaldelavras   @jlavras   jornaldelavras

Ele já foi astro em Hollywood, foi tema de música, tem um clube em Lavras, ganhou um dia no Brasil e hoje é o seu dia internacional, é o Fusca, aquele carrinho que faz parte da história de muita gente. O Dia Nacional do Fusca é 20 de janeiro e o Dia Internacional é hoje, 22 de junho. A data foi escolhida porque foi no dia 22 de junho de 1934, que Ferdinand Porsche e Adolf Hitler assinaram um contrato para que fosse construído um carro refrigerado a ar, que fosse fácil de ser desvirado, caso tombasse e, além de tudo, muito resistente e com baixo consumo de combustível. Hitler já pensava em utilizá-lo na guerra, um carro para ser usado no deserto. Os primeiros protótipos do Fusca foram feitos em 1936 e o modelo definitivo surgiu em 1939.

No Brasil, na época em que foi produzido, o Fusca ganhou o mercado brasileiro e a admiração de todos. O carinho dos brasileiros pelo carrinho fez com que o engenheiro alemão Alexander Gromow, criasse o Dia Nacional do Fusca e a data escolhida foi o dia 20 de janeiro.

Em Lavras existem muitos apaixonados pelo carrinho, é fácil vê-los desfilando com os seus bem conservados pelas ruas da cidade, tem também aqueles que pretendem reformar um Fusca para poder também ostentar, e um deles é Claudinei Barbosa, que teve um Fusca e se apaixonou. Hoje ele tem outro carro, também da Volkswagen, mas a paixão pelo Fusca falou tão alto que Claudinei adquiriu um fusquinha velho e disse que vai restaurá-lo. Aos poucos ele acrescenta uma peça, troca outra e assim vai melhorando.

Sempre tem um ou outro que bate à porta do Claudinei querendo adquirir o carrinho, mas ele está firme na decisão de reformá-lo e faz questão de dizer que não vai dispor por dinheiro nenhum, tudo para poder satisfazer um gosto, o de ter um Fusca na garagem.

Aos lavrenses proprietários do carro mais querido do Brasil - e olha que são muitos - aproveitem e tirem seus fusquinhas das garagens para dar umas voltas, e observem quantos vão olhar para o seu Fusca, muitos vão admirá-los, a esses, dê atenção, eles vão querer saber como você conseguiu, quanto vale, onde encontra peças e outras perguntas. Tem também aqueles que vão olhar e morrer de inveja, então vai aí uma sugestão (aos supersticiosos): pendure uma figa no retrovisor do seu fusquinha e bom passeio.

Clique AQUI e comente no facebook do Jornal de Lavras

 
 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você
#jornaldelavras @eduardocicarelli @sabrinacicareli

Leia também:

Pimentel veta lei que proibiria testes com animais em fábricas de cosméticos
Região central de Lavras recebeu contêineres para depósito de lixo
PM faz apreensão de mais de quatro quilos de maconha em Lavras
Estupro coletivo em Itajubá deixa moradores da cidade revoltados
Manifestação contra constantes aumentos dos combustíveis foi realizada em Lavras
.  

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras