Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Tecnologia /


Publicada em: 08/04/2016 09:20 - Atualizada em: 08/04/2016 12:47
Ufla apresenta Relatório Internacional de Tendências do Café
Equipe da Ufla apresenta novas tendências da cafeicultura no mundo

Imagem extraída do Relatório Internacional de Tendências do Café

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Na disputa de mercado sai na frente quem divulga melhor o seu produto, a informação se tornou uma importante ferramenta para qualquer atividade econômica e com a cafeicultura não é diferente. Através do Bureau de Inteligência Competitiva do Café do Centro de Inteligência em Mercados (CIM/Ufla), são apresentadas as tendências da cafeicultura no mundo através do Relatório Internacional de Tendências do Café, projeto que reune, analisa e divulga dados e informações que permitem aos agentes da cadeia agroindustrial do café planejar e tomar melhores decisões.  

Na edição de março, o relatório apresenta diversas informações na área de produção sobre a cafeicultura africana, como o aumento da demanda pelos grãos de alta qualidade do continente e a atuação de organizações sem fins lucrativos que ajudam os produtores do continente. Segundo o coordenador do Bureau e professor do departamento de administração da Universidade Federal de Lavras (Ufla), Eduardo César Silva, as informações coletadas nos últimos meses mostram que a cafeicultura africana, atualmente, não é tão competitiva quanto a do Brasil ou do Vietnã, os dois maiores produtores mundiais. De acordo com ele, a própria regulação do setor cafeeiro definida pelos governos dos países africanos prejudica a produção, mas como a cafeicultura é uma importante fonte de renda para milhões de produtores africanos, muitas organizações investem em treinamento para que os produtores produzam mais e melhor e criam projetos sociais nas comunidades.

Na seção que analisa as tendências do café industrializado, um fato novo merece atenção, segundo a analista do projeto e discente da Ufla, Acsa Gusmão, "foi a proibição da compra de café em cápsulas pelos órgãos da administração pública de Hamburgo, na Alemanha". A justificativa para tal medida foi a dificuldade que existe atualmente para reciclar essas cápsulas, que são cada vez mais consumidas em todo o mundo. Para a analista, esta decisão pode influenciar os políticos de outras cidades européias e reflete uma preocupação crescente com lixo gerado pelo uso das cápsulas. Por outro lado, as empresas do setor estão investindo em programas de reciclagem e cápsulas biodegradáveis.

No setor de cafeterias, o analista e discente da Ufla, Fernando Hernandez, destaca a competição entre as empresas do setor, que para ganharem mercado, apostam na expansão para novos mercados, oferta de novos produtos e parcerias com empresas de outros setores. Para a coordenadora da área de cafeterias do Bureau, Elisa Guimarães, essas parcerias são importantes porque os parceiros possuem conhecimento valioso sobre o público consumidor e as características do mercado. Além disso, ajudam a reduzir o risco e os investimentos necessários.

O Bureau iniciou suas atividades em 2010 e é sediado na Agência de Inovação do Café (InovaCafé). Além da Universidade, o projeto possui o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes), da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), do Polo de Excelência do Café, Consórcio Pesquisa Café e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do Café (INCT Café).

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Ufla poderá armazenar vacinas do Governo do Estado em seus Ultrafreezers Decreto da Prefeitura de Lavras prevê uso obrigatório de máscara também em vias públicas
   
PM de Lavras aborda homem que portava réplica de arma de fogo na cintura Prefeitura de Lavras publica decreto com menos restrições que a Onda Vermelha do Minas Consciente
   
CDL Lavras informa que medidas estão sendo tomadas pela entidade para tentar evitar o fechamento do comércio - veja vídeo Comerciantes de Lavras manifestaram contra aplicação da fase restritiva da Onda Vermelha
   
Rua de Luminárias com 9 faixas de pedestres virou meme nas redes sociais Covid-19: Associação Médica de Lavras manifesta através de nota oficial
   
LabCovid e Prefeitura de Ingaí realizam coleta para exame de Covid-19 Começou a campanha de vacinação contra a Covid-19 em Lavras
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras