Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 23/03/2016 08:00
Câmara derruba veto do Prefeito que foi dado em desfavor dos professores da rede municipal de ensino
Dos 17, apenas o vereador José Henrique foi favorável a manutenção do veto do prefeito Silas

Projeto de lei do vereador Marcos Possato pode beneficiar servidores municipais, tudo depende agora do Executivo

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

Na reunião ordinária da Câmara Municipal, realizada dia 22 de fevereiro, os vereadores votaram o projeto de lei que dispunha sobre o repasse do reajuste do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), aos professores da rede municipal de ensino.

O projeto de lei que beneficiaria os professores foi de autoria do vereador Marcos Possato e co-autoria dos vereadores Sebastião dos Santos Vieira, Anderson Marques, João Paulo Felizardo, Alisson Matiolli e José Marcio Faria. Ele foi aprovado na Câmara Municipal em duas votações, depois o projeto foi encaminhado ao prefeito Silas Costa Pereira para ser sancionado.

No artigo primeiro determinava que o Poder Executivo municipal repassasse, obrigatoriamente, o reajuste do piso nacional do magistério da educação básica, de acordo com os critérios do MEC (Ministério da Educação).

Na época o vereador proponente, Marcos Possato, em seu pronunciamento, falou da importância do projeto para valorizar a classe de profissionais da educação, o reajuste aos professores da rede municipal de ensino seria de 11,36%.

O prefeito Silas Costa Pereira vetou o projeto e esta semana os vereadores derrubaram o veto do Chefe do Executivo, foram 16 votos favoráveis a derrubada do veto contra um a favor do veto. O voto de apoio ao prefeito Silas foi do vereador José Henrique Rodrigues.

Agora o vereador Marcos Possato dise que apresentará outro projeto que visa conceder, a título de recomposição salarial, o percentual de 11,28% a todos os servidores públicos municipais dos cargos efetivos, comissionados, contratados, aposentados e pensionistas. O projeto passará pela análise das comissões da Câmara.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Ufla poderá armazenar vacinas do Governo do Estado em seus Ultrafreezers Decreto da Prefeitura de Lavras prevê uso obrigatório de máscara também em vias públicas
   
PM de Lavras aborda homem que portava réplica de arma de fogo na cintura Prefeitura de Lavras publica decreto com menos restrições que a Onda Vermelha do Minas Consciente
   
CDL Lavras informa que medidas estão sendo tomadas pela entidade para tentar evitar o fechamento do comércio - veja vídeo Comerciantes de Lavras manifestaram contra aplicação da fase restritiva da Onda Vermelha
   
Rua de Luminárias com 9 faixas de pedestres virou meme nas redes sociais Covid-19: Associação Médica de Lavras manifesta através de nota oficial
   
LabCovid e Prefeitura de Ingaí realizam coleta para exame de Covid-19 Começou a campanha de vacinação contra a Covid-19 em Lavras
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras