Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


Post Publicitário /


Publicada em: 28/02/2016 11:45 - Atualizada em: 02/04/2016 10:13
(Inf. Parlamentar) Deputada Dâmina quer aprovação de Projeto que dará maior segurança às mulheres
A Deputada Dâmina Pereira abordou assuntos relativos à atuação da Secretaria da Mulher da Câmara, da qual é Coordenadora.

 

 

Informe Parlamentar

A Deputada Dâmina Pereira ocupou a tribuna da Câmara dos Deputados, na sessão do dia 25 de fevereiro, quinta-feira, para abordar assuntos relativos à atuação da Secretaria da Mulher da Câmara, da qual é Coordenadora.

Um dos temas tratados foi a urgência na aprovação do Projeto de Lei n. 173, de 2015, do Deputado Alceu Moreira, que tornará crime o descumprimento das medidas protetivas de urgência previstas na Lei Maria da Penha.

A Lei prevê que, quando a mulher vítima de violência procura o sistema judiciário, o juiz tem o poder de aplicar, a pedido dela, as chamadas "medidas protetivas de urgência". São ordens do magistrado para pôr fim imediato à situação de violência, determinando, por exemplo, a proibição ao agressor de aproximação ou contato com a ofendida.

Ocorre que, hoje, segundo o entendimento do STJ, o descumprimento dessas medidas não é crime. O juiz, representando o Estado brasileiro, dá uma ordem; o agressor a desobedece; mas não há crime nenhum - é esse o entendimento predominante.

Segundo a Deputada Dâmina, "É para corrigir isso que queremos ver aprovado o Projeto de Lei 173/2015. É uma matéria que vai tornar crime a desobediência às medidas protetivas impostas pelo juiz. Embora tenha sido apresentado ano passado, graças ao esforço da bancada feminina e dos deputados afetos ao tema, há de ser levado ao Plenário o quanto antes."

Microcefalia


A Deputada tratou ainda de aspectos ligados ao surto de febre Zika, e a possível ligação entre essa doença e a microcefalia. Ela relatou que "é esta a preocupação da bancada feminina, é importante garantir assistência às crianças que padecem de problemas causados pelo vírus Zika, bem como às suas mães".

A Secretaria da Mulher da Câmara está agendando uma reunião com o Ministério da Saúde para conhecer em detalhes tudo o que já foi apurado em relação ao Zika e às possíveis complicações neurológicas. A partir disso, poderemos propor e acompanhar políticas públicas voltadas para as famílias de crianças com microcefalia."

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.

 

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras