Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 18/01/2016 19:09 - Atualizada em: 18/01/2016 23:28
Vereadores vão aos extremos na disputa da Cadeira do Legislativo
Palavrões, ameaças, desrespeito aos colegas, assim foram realizadas as reuniões a portas fechadas que os vereadores realizaram no final do ano

Plenário da Câmara Municipal de Lavras

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A presidência da Câmara Municipal é cobiçada pelos vereadores, a disputa pela principal cadeira do Legislativo tem, nos bastidores, brigas e até palavras de baixo calão, ela é alvo de todos, mas principalmente daqueles que querem mais poder, ficar mais próximo do Executivo e com isso, desfrutar das benesses.

Os vereadores fizeram uma reunião e decidiram que a presidência da Casa Legislativa fosse trocada a cada ano, para dar oportunidade a eles de alternância nos cargos. A reunião foi feita e registrada em ata e alterado o Regimento Interno, porém, eles se esqueceram de solicitar a alteração da Lei Orgânica. Em dezembro o atual presidente Cleber Pevidor teria que sair no dia 31 e a presidência seria ocupada por outro.

Acontece que o vereador Leandro Lazzarini Moretti descobriu a falha na lei e comunicou ao plenário que não poderia haver eleição, já que de acordo com a lei Orgânica, ela seria realizada de dois em dois anos. O grupo que apóia o prefeito Silas Costa Pereira queria assumir a Mesa Diretora e o atual presidente disse que não deixaria o cargo.

Reuniões entre os vereadores foram realizadas longe das câmeras da TV, teve troca de acusações, ameaças e palavrões. A lei dá direito a Pevidor a permanecer mais um ano. Diante do impasse os vereadores da base aliada do prefeito e motivada pelo Executivo, arrumaram uma forma de fazer vagar os cargos: todos renunciariam.

Cleber Pevidor não concordou e não vai renunciar e nem deixar o cargo. Os vereadores José Henrique Rodrigues, Evandro Castanheira Lacerda, Elias Freire Filho, Luciano de Melo e Alisson Mattioli, motivados pela equipe do Chefe do Executivo, afirmaram publicamente que renunciariam aos seus cargos, com isso eles imaginavam que Pevidor também faria o mesmo, mas isso não aconteceu e, no final do mês de dezembro, todos os integrantes da Mesa não deixaram os cargos.

 Agora o vice-presidente da Câmara, vereador José Henrique Rodrigues recorreu à justiça e impetrou um mandado de segurança contra Cleber Pevidor. O argumento do vereador José Henrique é que existe uma ata na qual foi firmado o acordo, já o do vereador Pevidor é a Lei Orgânica do Município, que equivale a Constituição Municipal.

Agora o juiz vai decidir se acata a ata ou se segue à Lei Orgânica Municipal. Se acatar a ata será vitória do Executivo e de sua base aliada, se acatar a lei será a derrota do Executivo, de sua base aliada e de alguns vereadores da oposição que também não querem a permanência de Pevidor na presidência.

Se a justiça der causa ganha para a turma da ata, haverá eleição e o candidato do prefeito Silas é o vereador Luciano de Melo, que matematicamente será o vencedor. Se a turma da ata perder a disputa na justiça, já existe até a possibilidade dos vereadores não renunciarem para dificultar a vida do presidente Pevidor.

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

LabCovid começa a processar testes de cidades da microrregião de Lavras Contrato de coleta de lixo em Lavras está sendo reavaliado
   
Bombeiros de Lavras resgataram o corpo da jovem que morreu afogada no domingo Três autoridades de Ijaci estão sendo chamadas de "fura-fila" da vacinação
   
Agência do Banco Itaú, da Zona Sul de Lavras, está fechada temporariamente por causa da pandemia Incêndio supostamente criminoso destruiu veículo na Zona Norte de Lavras - veja vídeo
   
Prefeitura de Lavras divulgou que denúncias nos finais de semana contra aglomerações devem ser feitas no 190 da PM Bombeiros capturaram cobra que invadiu uma casa em Lavras
   
Ufla poderá armazenar vacinas do Governo do Estado em seus Ultrafreezers Decreto da Prefeitura de Lavras prevê uso obrigatório de máscara também em vias públicas
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras