Quem somos
|
Arquivo
|
Anuncie
|
Contato
|
Sua página inicial


início
prêmios
lavras tem
agenda
busca


cotidiano / Política /


Publicada em: 27/11/2015 19:35 - Atualizada em: 27/11/2015 19:36
Diretor do Sindicato contesta nota da Prefeitura de Lavras e afirma: "greve não acabou"
A greve dos servidores está suspensa, ela não acabou, afirnou a diretoria. Nota expedida pela Prefeitura faltou com a verdade e tentou desqualificar movimento, disse ele

O diretor Marcelo Antônio de Souza (Foto: Jornal de Lavras)

 

.


Dê play e conheça o Toledo Residencial


  Jornal de Lavras:  (35) 9 9925.5481    @jornaldelavras     @jornaldelavras    @jlavras    

A nota divulgada pela assessoria de Imprensa da Prefeitura de Lavras no início da tarde desta sexta-feira provocou indignação na direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais. Segundo o diretor Marcelo Antônio de Souza, ela não condiz com a verdade, a começar pelo título da nota: "Prefeitura de Lavras comunica fim da greve dos servidores". A greve foi, na verdade, suspensa temporariamente e ela poderá voltar imediatamente caso o Executivo não cumpra o que combinou.

De acordo com Marcelo, a nota faltou com a verdade também quando o Executivo afirma que as reivindicações dos servidores foram acatadas no dia 19, na verdade as reivindicações foram acatadas hoje, prova disso é o documento assinado pelo prefeito Silas, com data desta sexta-feira, dia 27. A intenção é tentar passar para a sociedade que o Sindicato voltou atrás e aceitou a proposta do dia 19.

A nota oficial da assessoria de Imprensa cita que os atrasos de pagamento dos servidores são "de três a 15 dias nos pagamentos referentes ao mês trabalhado, ou seja, é falsa a informação de que existe atrasos de três meses". Neste item, Marcelo também rebate dizendo que se fosse assim, a Justiça não tornaria a greve legal.

Ainda de acordo com o Diretor do Sindicato, o ponto onde a nota se refere que existem interesses em gerar discórdia na cidade e alimentar a imoralidade do "quanto pior melhor", Marcelo disse que isso é um absurdo, é uma tentativa de jogar a população contra os servidores, que eles não têm nenhum interesse em semear discórdia, querem apenas receber seus salários que não estão sendo pagos em dia.

O outro diretor do Sindicato, Cleiton Freitas, disse que devido à nota expedida pela Prefeitura de Lavras através de sua assessoria, o Sindicato, que também emitiria uma nota aos servidores e a população na data de hoje, optou por fazer a divulgação na segunda-feira, depois que consultar sua assessoria jurídica e todos da direção.

Tanto Marcelo quanto Cleiton consideraram a nota emitida pela Prefeitura de Lavras desrespeitosa com os servidores e com a população, para eles, o Executivo tenta desqualificar o movimento dos servidores, que foi legítimo e justo.

O fato é que o movimento de greve promovido pelo Sindicato da categoria, fato inédito na cidade, além de fortalecer a classe dos servidores, fez surgir novas lideranças, como: Cleiton Freiras, Marcelo Antônio de Souza, Keila Cristina Santos, Euisles Rodrigues da Silva e Sebastião Marques da Silva. O prefeito Silas e outros que virão, terão que a partir de agora, ficar atentos com a categoria dos servidores que se fortaleceu. 

 
www.jornaldelavras.com.br
A informação a um click de você 
 

Leia também:

Mais informações sobre o assassinato do estudante da Ufla que estava desaparecido Ladrão arrombou estabelecimentos comerciais em Ijaci e foi preso pela PM em Lavras
   
Acidente em Lavras envolvendo automóvel e caminhão guincho deixa motorista ferido Cemig alerta sobre a importância de manter atualizada a titularidade do contrato de fornecimento de energia
   
Pesquisadores da Ufla desenvolvem tecnologia inovadora envolvendo bioenergia e tratamento de esgoto PM apreende droga em Lavras com ajuda de cães farejadores
   
.

Voltar Envie para um amigo


 www.jornaldelavras.com.br - A informação a um click de você
Lavras/MG
WhatsApp: (35) 9 9925-5481
Instagram: @jornaldelavras 
Twitter: twitter.com/jlavras 
Facebook: www.facebook.com/jornaldelavras